quinta-feira, 29 de agosto de 2013

RESULTADOS DO WINE IN 2013 - "O JULGAMENTO DO VINHO EM SÃO PAULO"


RESULTADOS DO WINE IN 2013 - "O JULGAMENTO DO VINHO EM SÃO PAULO"
O 1º Wine In, idealizado e coordenado por Breno Raigorodsky, para discutir as potencialidades do mercado do vinho brasileiro, provou o acerto de seu idealizador em realizar uma reunião com os principais atores deste mercado: produtores, formadores de opinião e distribuidores. Foi um solavanco!Deu uma mexida em preconceitos e crenças sobre o mercado do vinho brasileiro!

A degustação comprova que o vinho brasileiro tem potencial e já vem provando sua qualidade. Na degustação às cegas, para comparar o vinho brasileiro com chilenos e argentinos, o resultado do júri técnico conferiu aos vinhos do Brasil uma pontuação média acima do Chile e próxima da Argentina. E  quem venceu foi o brasileiro Miolo Lote 43, na categoria acima de R$50, batendo muito vinho estrelado como você pode conferir em lista abaixo desta matéria.

Segundo Breno Raigorodsky, "pudemos verificar que o vinho tinto brasileiro não anda tão mal das pernas, mesmo os vinhos da categoria abaixo dos R$50,00, quando tivemos bem no meio da degustação, ocupando os lugares médios da classificação. Mas me interessa, sim, dizer que ficamos juntos destes, sem bairrismos, com a presença de vários degustadores estrangeiros entre os profissionais do vinho, o que nos dá credibilidade." 
Em uma degustação às cegas entre 20 amostras nacionais, foram selecionados na categoria abaixo de R$50 os rótulos Do Lugar Cabernet Franc 2011, Pizzato Merlot Reserva 2010, Casa Perini Tannat 2011, Monte Paschoal Dedicato Cabernet Sauvignon 2011 e Salton Intenso Merlot 2009. 

 “O espírito das degustações com os argentinos e chilenos foi sempre mostrar que o Brasil produz vinhos de qualidade acima da média dos nossos vizinhos. Visto que os adversários tinham boas pontuações em publicações como o Guia Descorchados, o Wine Advocate (de Robert Parker) e outros certificadores internacionais, concluímos que os resultados superaram as expectativas”, disse Raigorodsky.

Compondo o júri técnico estiveram Aguinaldo Zackia (Degustadores sem Fronteiras), Beto Duarte (Papo de Vinho), Celito Guerra (Embrapa), Horst Kissman (Prazeres da Mesa), Jean Pierre Rosier (enólogo), Jeriel Costa (Blog do Jeriel), João Filipe Clemente (Falando de Vinhos), José Maria Santana (Gosto), José Luiz Pagliari (SBAV-SP / Senac-SP), Jorge Carrara (Prazeres da Mesa), Juliana Reis (SENAC São Paulo), Manuel Luz (consultor), Marcio Oliveira (Vinoticias), Mario Telles (ABS-SP), Mauro Zanuz (Empraba), Nicola Massa (enólogo), Silvia Mascella (Adega), Silvia Franco (Vinho e Gastronomia) e Suzana Barelli (Menu).

Também participaram profissionais internacionais: Amy Friday e Andrew Shaw (Importadora Bibendum), Claudio Salgado (sommelier do Marriott de Hong Kong), Charles Byers (escritor e radialista canadense), Daniel Marquez (brand ambassador de vinhos e destilados nos EUA), James Lapsley (professor do departamento de Viticultura e Enologia da UC Davis), Olivier Bourse (representante da Université de Bordeaux) e Roberto Rabachino (jornalista, professor e sommelier italiano).

A apuração das notas contou com a parceria da empresa WineTag, referência em soluções tecnológicas para o serviço do vinhos nos melhores restaurantes do Brasil.

Circuito Brasileiro de Degustação
Integrado ao Wine In aconteceu também a etapa paulista do Circuito Brasileiro de Degustação, que recebeu a visita de cerca de 800 convidados em dois dias de evento.
Participaram as vinícolas Aracuri Vinhos Finos, Casa Valduga, Casa Venturini Vinhos e Espumantes, Cooperativa Vinícola Garibaldi, Domno do Brasil, Don Abel Vinhos Premium, Dunamis Vinhos e Vinhedos, José Sozo Vinhos, LÍDIO CARRARO Vinícola Boutique, Luiz Argenta Vinhos Finos, Miolo Wine Group, PIZZATO Vinhas e Vinhos, Quinta Don Bonifácio, Sanjo – Cooperativa Agrícola de São Joaquim, Vinícola Routhier & Darricarrère, ViniBrasil, Vinícola Aurora, Vinícola Campos de Cima, Vinícola Kranz, Vinícola Nova Aliança, Vinícola  Peterlongo, Vinícola Perini, Vinícola Salton e Projeto Suco de Uva 100% do Brasil. 
Resultados das Degustações às Cegas
Challenge Brasil x América Latina abaixo de R$50
JURÍ OFICIAL
COLOCAÇÃO
AMOSTRA
MÉDIA PONDERADA
1
Las Moras Malbec
87
2
Humberto Canale Merlot
86,39
3
Ventisquero Ramirana Carmenere Reserva
86,33
4
Dona Paula Los Cardos Malbec
86,11
5
Monte Paschoal Dedicato Cabernet Sauvignon
85,94
6
Pizzato Merlot
85,8
7
Casa Perini Tannat
85,75
8
Finca La Linda Bonarda
85,7
9
Morandé Pionero Cabernet Sauvignon
85,55
10
Santa Rita Reserva Carmenere
85,5
11
Salton Intenso Merlot
85,5
12
De Martino 347 Single Vineyard Syrah
84,8
13
Do Lugar Cabernet Franc
84,75
14
Zorzal Terroir Único Malbec
83,95
15
Leyda Classic Reserve Syrah
82,7

Júri Popular
1
Las Moras Malbec
83,34
2
Humberto Canale Merlot
80,7
3
Salton Intenso Merlot
80,51
4
Finca La Linda Bonarda
80,17
5
Casa Perini Tannat
78,61
6
Dona Paula Los Cardos Malbec
78,5
7
Ventisquero Ramirana Carmenere Reserva
77,67
8
Pizzato Merlot
75,21
9
Morandé Pionero Cabernet Sauvignon
74,11
10
Santa Rita Reserva Carmenere
73,89
11
Do Lugar Cabernet Franc
73,37
12
Zorzal Terroir Único Malbec
70,57
13
Monte Paschoal Dedicato Cabernet Sauvignon
69,03
14
De Martino 347 Single Vineyard Syrah
68,26
15
Leyda Classic Reserve Syrah
63,66

Challenge Brasil x América Latina acima de R$50
JURÍ OFICIAL
COLOCAÇÃO
 NOME DOS VINHOS
MÉDIA PONDERADA
1
Miolo Lote 43
88,5
2
Pizzato Dna 99 Merlot
88,39
3
Errazuriz Reserva Carmenere
88
4
Clos De Los Siete
87,78
5
Kaiken Corte
87,78
6
Decero Classico Cabernet Sauvignon
87,3
7
Achaval Ferrer Malbec
87,25
8
Rar Cabernet Sauvignon / Merlot
87,15
9
Almaúnica Reserva Syrah
86,95
10
Pulenta Estate Cabernet Sauvignon
86,8
11
Vina Alicia Paso De Piedra Malbec
86,3
12
Don Abel Rota 324 Cabernet Sauvignon
86,25
13
Montes Twins Cabernet Sauvignon Malbec
86,2
14
Ventisquero Ramirana Gran Reserva Syrah Carmenere
86,2
15
Morandé Gran Reserva Merlot
86,05

JURÍ POPULAR
1
Clos De Los Siete
83,88
2
Rar Cabernet Sauvignon / Merlot
83,08
3
Ventisquero Ramirana Gran Reserva Syrah Carmenere
82,56
4
Pizzato Dna 99 Merlot
82,27
5
Miolo Lote 43
82,09
6
Errazuriz Reserva Carmenere
81,65
7
Kaiken Corte
81,13
8
Vina Alicia Paso De Piedra Malbec
80,51
9
Morandé Gran Reserva Merlot
80,41
10
Montes Twins Cabernet Sauvignon Malbec
80,16
11
Pulenta Estate Cabernet Sauvignon
79,76
12
Almaúnica Reserva Syrah
79,74
13
Don Abel Rota 324 Cabernet Sauvignon
78,82
14
Decero Classico Cabernet Sauvignon
78,24
15
Achaval Ferrer Malbec
77,88

Como resume Breno Raigorodsky, "a impressão final é que quebramos barreiras, mostrando que há massa crítica para fazer um seminário de bom nível sobre vinho em São Paulo e uma degustação entre vinhos brasileiros e outros (chilenos e argentinos) sem que a gente passe vergonha!"
Bravo ao idealizador Breno Raigorodsky e os que o apoiaram:  Exponor Brasil pela realização com supervisão técnica do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), patrocínio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e apoio da Fecomercio e do Comitê do Vinho da FecomercioSP
É aguardar o 2º Wine In!