quarta-feira, 22 de agosto de 2012

THALASSITIS SANTORINI 2004



● THALASSITIS SANTORINI 2004 - Amarelo dourado, límpido, com algum sinal de evolução. Aromas de jerez, com nota de oxidação. Boca com sinal da evolução do vinho, com bom equilíbrio e boa persistência. Nota Mediana: 89/100 – Valor do Vinho: R$ 120,00.
Importadora: MISTRAL
ONDE DEGUSTEI: CONFRARIA DOS SOMMELIERS PROFISSIONAIS DE BH/MG

CHARDONNAY CLOS DU CHATEAU MEURSAULT 1994


● CHARDONNAY CLOS DU CHATEAU MEURSAULT 1994 - Amarelo dourado. Aromas de perfumaria, mais leve, fino, elegante, lembrando farmácia. Depois, em camada, aparecem frutas maduras e secas. Boca equilibradíssima, leve, fina, elegante, com sinal de envelhecimento (leve nota de oxidação, o que é normal de um vinho branco de 18 anos !). Muito persistente. Nota Mediana: 89/100 – Valor do Vinho: R$   400,00
Importadora: EXPAND
ONDE DEGUSTEI: CONFRARIA DOS SOMMELIERS PROFISSIONAIS DE BH/MG

CENTOBRICCHI LANGHE MAURO SEBASTE 2004



● CENTOBRICCHI LANGHE MAURO SEBASTE 2004 - Amarelo dourado, límpido, com algum sinal de evolução. Aromas minerais (alcatrão, xisto), algo de defumado, aroma elegante com notas de especiarias doce como baunilha e mel. Boca muito equilibrada, com boa acidez, com ótimo frescor, nota de baunilha e abacaxi, com boa persistência. Nota Mediana: 88/100 – Valor do Vinho: R$ 150,00
Importadora: DECANTER
ONDE DEGUSTEI: CONFRARIA DOS SOMMELIERS PROFISSIONAIS DE BH/MG

MERSAULT PERRIÉRES PIERRE MOREY 2004



● MERSAULT PERRIÉRES PIERRE MOREY 2004 - Amarelo claro, límpido, sem sinal de evolução. Aroma de petróleo e alcatrão, notas de tostado e defumado, depois um toque mineral, fruta cítrica como o limão siciliano. Boca gostosa, com boa acidez, com ótimo frescor, nota de baunilha, rica, persistente. Algo de vegetal no paladar, como o aspargo. Nota Mediana: 92/100 – Valor do Vinho: R$  718,00
Importadora: CASA DO PORTO
ONDE DEGUSTEI: CONFRARIA DOS SOMMELIERS PROFISSIONAIS DE BH/MG

ALSACE ZUSSLIN PINOT GRIS 2003


● ALSACE ZUSSLIN PINOT GRIS 2003 - Amarelo claro, com halos dourados. Aroma inicial de feijão cozido, algo de azeitonas, nota vegetal. Na boca mostra fruta branca, pêra, toque de pimenta-do-reino branca. Persistência curta, gostosa, um vinho com bom equilíbrio. Discreto no conjunto. Nota Mediana: 86/100 – Valor do Vinho: R$   120,00
Importadora: PREMIUM
ONDE DEGUSTEI: CONFRARIA DOS SOMMELIERS PROFISSIONAIS DE BH/MG

VILLA RUSSIZ TOCAI FRIULANO 2004


● VILLA RUSSIZ TOCAI FRIULANO 2004 - Amarelo mais claro, com alguns halos dourados. Aroma de suor, animal, pó de K-Suco de Abacaxi (aparece cada coisa!!!), aroma de energético como um Red-Bull (que te dá asas !!!). A boca mostra nítico ataque de abacaxi, lembra o energético. Boa acidez, persistência, com amargor no final e nítida nota mineral. Nota Mediana: 84/100 – Valor do Vinho: R$   109,00  
Importadora: DECANTER
ONDE DEGUSTEI: CONFRARIA DOS SOMMELIERS PROFISSIONAIS DE BH/MG

ALSACE ZUSSLIN RIESLING 2002


● ALSACE ZUSSLIN RIESLING 2002 - Amarelo dourado, quase âmbar. Aroma incial de Riesling pelo toque de petróleo e alcatrão, depois uma nota doce de mel, flores secas. Boca seca, rica, persistente. Boa acidez, e o vinho mostra sinal de evolução. O nariz é de sobremesa; a boca é surpreendente, com algo até de botrytis, como um Sauternes. Nota Mediana: 90/100 – Valor do Vinho: R$  250,00
Importadora: PREMIUM
ONDE DEGUSTEI: CONFRARIA DOS SOMMELIERS PROFISSIONAIS DE BH/MG

VILLA ERBICE SOAVE 2004


● VILLA ERBICE SOAVE 2004 – Amarelo dourado. Aroma doce de mel, amêndoas secas, própolis. Seco na boca, com um ataque extremamente ácido. Seca a boca por completo, mostrando paladar de fruta seca, nozes. Final doce, gostoso, longo, lembrando um jerez. Nota Mediana: 87/100 – Valor do Vinho: R$  102,00
Importadora: PREMIUM
ONDE DEGUSTEI: CONFRARIA DOS SOMMELIERS PROFISSIONAIS DE BH/MG

terça-feira, 21 de agosto de 2012

JEREZ - EL MAESTRO SIERRA - PEDRO XIMENEZ - RP 92


● JEREZ - EL MAESTRO SIERRA - PEDRO XIMENEZ - RP  92
Uva: 100% Pedro Ximenez
Vinificação: As uvas são colhidas manualmente nas primeiras semanas de setembro, em processo de sobre maturação. São então depositadas em paseras ou lugares preparados para a passerização sob ação do sol durante 7-15 dias (práctica del soleo). Durante o processo há uma grande perda de água e conseqüente concentração de açúcar (480g/l). As uvas são encaminhadas a bodega para extração do mosto e início da fermentação. A fermentação é interrompida por acréscimo de álcool vínico a 10º GL. Clarificação natural com posterior fortificação a 15º GL. Amadurecimento em botas de carvalho americano, pelo sistema de soleras e criaderas em crianza oxidativa.
Maturação: 60 meses em ''botas'' de carvalho americano de 500 litros.
Temperatura de Serviço: 12 a 14ºC
Teor Alcoólico: 15%
Reconhecimentos:
Robert Parker: 92 pontos.
Notas de Degustação: Cor âmbar, cedro. Aromas intensos lembrando uva passa, figo seco turco, casca de laranja, cacau, especiarias, frutas secas (tâmaras), café e caramelo. Ataque doce, surpreendente na boca, com bom volume, untuosidade, frutas secas, croissant, brioche e no final, sabores de caramelo tofee. Derrete na boca ! Acidez muito boa torna beber este vinho um grande prazer.
Sugestão de Guarda: pronto para beber.
Combinações: Perfeito com chocolate meio-amargo e sobremesas à base de chocolate e frutas secas. Aromatiza maravilhosamente sorvetes. Excelente também com bolo inglês e bolos natalinos, foie gras com marrons glacês.
Avaliação na Degustação: Mediana – 96/100 pontos

Importadora: DECANTER
Contato: (11) 3287-3618
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 115,40. (o preço pode ter variação em BH em função da ST).

LUIZ CAÑAS RESERVA SELECCION DE LA FAMILIA 2004


● RIOJA – LUIZ CAÑAS RESERVA SELECCION DE LA FAMILIA 2004

Região Rioja - Rioja Alavessa
Uva:
85% Tempranillo, 15% Cabernet Sauvignon (não divulgado)
Vinhedos: Vinhedos selecionados na região de Rioja.
Vinificação: Tradicional, com controle de temperatura.
Maturação: 12 meses em barricas de carvalho francês novas e 12 meses em barricas americanas de 2º uso. Permanência de 1 ano na garrafa antes do engarrafamento.
Temperatura de Serviço: 16 a 18ºC
Teor Alcoólico: 14,5
Reconhecimentos: WINE & SPIRITS: 93 Pontos e RP 92 Pontos
Notas de Degustação: Rubi intenso e luminoso. O nariz se abre em várias camadas, a começar por frutos negros maduros, cedro, tabaco, balsâmico e mineral. O ingresso em boca é de uma maciez envolvente, voluptuoso e de interminável final frutado.
Sugestão de Guarda: mais 6 anos
Combinações: Carnes grelhadas e cordeiro.
Avaliação na Degustação: Mediana – 94/100 pontos
08 Votos como Melhor Vinho da Prova

Importadora: DECANTER
Contato: (11) 3287-3618
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 158,55. (o preço pode ter variação em BH em função da ST).

PROTOS CRIANZA 2006 – RP 92


● RIBERA DEL DUERO – PROTOS CRIANZA 2006 – RP 92
Eleito como o melhor vinho tinto do mundo no concurso de Bruxellas. Dentro de 6.000 vinhos da categoria “Vinhos tintos” o Protos Crianza ganhou com honras e principalmente pela relação qualidade/preço!

Variedades: 100% Tinta Del País (Tempranillo)
Maturação: 12 Meses em barricas novas de carvalho americano.
Temperatura de Serviço: 16 a 18ºC
Teor Alcoólico: 13,5%
Reconhecimentos: Robert Parker: 92pontos (safra 09)
Notas de Degustação: Tinto clássico; tem cor de cereja, com aroma de fruta madura, caramelo, baunilha, além de nuances de café e tabaco. Na boca é intenso e potente, porém muito elegante, com taninos finos e de fácil degustação.
Sugestão de Guarda: mais 5 anos
Combinações: Carnes de sabor marcante.
Avaliação na Degustação: Mediana – 93/100 pontos
05 Votos como Melhor Vinho da Prova

Importadora: PENINSULA
Contato: (11) 3822-3986
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 176,00. (o preço pode ter variação em BH em função da ST).

SEÑORIO DEL TALLAR TINTO SELECCION 2009 – RP 91 – 93


● RIBERA DUERO – SEÑORIO DEL TALLAR TINTO SELECCION 2009 – RP 91 – 93

Esta cooperativa vinícola surgiu em 1962 com o objetivo de vinificar as uvas de 60 viticultores sócios de diversos povoados ao redor de Milagros, na Ribera del Duero. Atualmente, com mais de 210 viticultores sócios e uma estrutura moderna com capacidade de vinificar 1.500 toneladas de uva por ano, a Bodela La Milagrosa se dedica a produção de vinhos segundo o regulamento da DO Ribera del Duero.

Variedades: 100% Tinta Del País (Tempranillo)
Maturação: Maturado em barricas novas de carvalho húngaro.
Temperatura de Serviço: 16 a 18ºC
Teor Alcoólico: 14%
Reconhecimentos:
Robert Parker: 91 - 93pontos (safra 09)
Notas de Degustação: De coloração púrpura intensa, este vinho originário de vinhedos com idade entre 50 e 70 anos e envelhecido em barricas de carvalho húngaro novas, apresenta aromas de minerais, de incenso, de especiarias asiáticas e frutos negros. No paladar é denso, com uma textura macia de pelúcia e final fino e persistente.
Sugestão de Guarda: mais de 10 anos
Combinações: Carnes de sabor marcante.
Avaliação na Degustação: Mediana – 92/100 pontos
04 Votos como Melhor Vinho da Prova

Importadora: GRAND CRU
Contato: (31) 3286-2796
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 55,00 (o preço pode ter variação em BH em função da ST).

MIL CAMPOS VIÑAS VIEJAS 2009 – RP 92


● RIBERA DEL DUERO – MIL CAMPOS VIÑAS VIEJAS 2009 – RP 92

Esta cooperativa vinícola surgiu em 1962 com o objetivo de vinificar as uvas de 60 viticultores sócios de diversos povoados ao redor de Milagros, na Ribera del Duero. Atualmente, com mais de 210 viticultores sócios e uma estrutura moderna com capacidade de vinificar 1.500 toneladas de uva por ano, a Bodela La Milagrosa se dedica a produção de vinhos segundo o regulamento da DO Ribera del Duero.

Variedades: 100% Tinta Del País (Tempranillo)
Maturação: 10 Meses em barricas novas de carvalho húngaro.
Temperatura de Serviço: 16 a 18ºC
Teor Alcoólico: 13,5%
Reconhecimentos: Robert Parker: 92pontos (safra 09)
Notas de Degustação: Obtido de vinhas antigas de Tinta del Pais, este vinho, após envelhecer 10 meses em barricas de carvalho americano e húngaro apresenta uma colocaração púrpura intensa, com aromas de frutas de negras, espresso, amora negra, lavanda, canela, cravo e pimenta, levando a um vinho encorpado, vibrante, com excelente concentração e equilíbrio.
Sugestão de Guarda: mais 2 a 3 anos
Combinações: Carnes de sabor marcante.
Avaliação na Degustação: Mediana – 91/100 pontos
04 Votos como Melhor Vinho da Prova

Importadora: GRAND CRU
Contato: (31) 3286-2796
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 49,00 (o preço pode ter variação em BH em função da ST).

BIERZO – GOTÍN DEL RISC 2008 - RP 91


Variedades: 100% Mencia
Vinificação: Tradicional, com controle de temperatura.
Maturação: 5 meses em barricas de carvalho
Temperatura de Serviço: 16 a 18ºC
Teor Alcoólico: 13%
Reconhecimentos:
Robert Parker: 91 pontos (safra 08)

Notas de Degustação: Produzido com uvas Mencía de vinhedos biodinâmicos cultivados a mais de 45 anos, Gotin del Risc, ou simplesmente, G del R, é um vinho do coloração púrpura intensa, demonstra um perfume complexo de carvalho, espericarias asiáticas, flor de cerejeira, incenso e framboesa negra. Paladar em camadas, com excelente volume, esse vinho beneficiará com um ou dois anos em garrafa, mas pode ser bebido agora.
Sugestão de Guarda: de 5 até 8 anos
Combinações: Carnes vermelhas, caças, massas.
Avaliação na Degustação: Mediana – 89/100 pontos
01 Voto como Melhor Vinho da Prova

Importadora: GRAND CRU
Contato: (31) 3286-2796
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 55,00 (o preço pode ter variação em BH em função da ST).

MO 2006 SIERRA SALINAS - RP 90


● ALICANTE – MO 2006 SIERRA SALINAS - RP 90A Bodega Sierra Salinas é um antigo projeto vinícola da família Bodegas Castaño da vizinha Yecla, para produzir vinhos de alta qualidade. A propriedade tem 85 hectares (a 700m de altitude) entre oliveiras e amendoeiras tem 42 hectares plantados com vinhedos velhos de 25 a 50 anos de Monastrell principalmente e Cabernet Sauvignon, Syrah, Garnacha Tintorera e Petit Verdot. Junto com estes vinhedos, clima e terroir privilegiados, construiu-se uma bodega moderna utilizando toda a tecnologia conhecida para conseguir a máxima qualidade no vinho. Galerias subterrâneas para as barricas, três níveis de produção para que o vinho se transporte por gravidade sem o uso de bombas. Estes vinhos representam o caráter e a essência mediterrânea, sendo altamente expressivos, elegantes e com muita personalidade.

Variedades: Monastrell (85%) e o restante Garnacha Tintorera, Syrah e Cabernet Sauvignon.
Graduação alcoólica: 14°.
Maturação: Envelhecido em barricas de carvalho francês durante 4 meses.
Vinhedos: Vinhedos próprios, com idades de 25 a 50 anos.
Vinificação: Tradicional, com controle de temperatura.
Temperatura de Serviço: 16 a 18ºC
Reconhecimentos:
Robert Parker: 90 (safra 06)
Notas de Degustação: Cor: Cor vermelho cereja, com tons violáceos.
Notas de degustação: No nariz, muita fruta negra, cassis, especiarias, cacau e balsâmicos. Na boca é potente, muito saboroso em todo o seu percurso, cheio de fruta, tons de chocolate e alcaçuz. Um final potente com bastante retrogosto.
Sugestão de Guarda: Pronto para beber.
Combinações: Carnes vermelhas, caças, massas.
Avaliação na Degustação: Mediana – 86/100 pontos
01 Voto como Melhor Vinho da Prova

Importadora: PENINSULA
Contato: (11) 3822-3986
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 74,90. (o preço pode ter variação em BH em função da ST).

CASTILLO DE MONTEARAGON GRAN RESERVA 2004


● DO CARIÑENA – CASTILLO DE MONTEARAGON GRAN RESERVA 2004

Toda a tradição histórica dos bons vinhos, unida ao estimulo decidido, a genialidade e o bom fazer de nosso pessoal têm determinado a existência da maior ADEGA da D.O. Cariñena e de toda a comunidade autônoma aragonesa. Grandes Vinhos e Vinhedos nasce como empresa no 1 de Setembro de 1997, para canalizar as vendas de 6 cooperativas da Denominação de Origem Cariñena.

Variedades: Tempranillo, Garnacha e Cariñena
Maturação: 24 meses carvalho Francês
Temperatura de Serviço: 18 a 20ºC
Teor Alcoólico: 12,5%
Notas de Degustação Notas de Degustação: De nossos melhores vinhedos nasce este Gran Reserva, com aromas de frutas bem maduras, com baunilha e um tabaco envolvente. Muito persistente, completo e de coloração cereja com toques terra, na boca se mostra redondo, bem estruturado e longo
Sugestão de Guarda: mais 3 anos
Combinações: Carnes, assados e queijos curados.
Avaliação na Degustação: Mediana – 85/100 pontos

Onde Comprei: ATHELIER DO VINHO
Contato: (31)2535-9488
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 68,00.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

DEGUSTAÇÃO DE VINHOS DA ESPANHA

DEGUSTAÇAO DE VINHOS CENIT NA ENOTECA DECANTER - BH


DEGUSTAÇAO DE VINHOS CENIT NA ENOTECA DECANTER – “Cenit faz referência ao ponto mais alto do céu e à busca incessante pela harmonia nos vinhedos Caliterra.” O Cenit é o vinho ícone da Vinícola Caliterra (o vinho top) e nesta degustação foram provadas 3 safras: 2006, 2007 e 2008. Uma vertical para conhecer o potencial do vinho e as suas características.

● CENIT 2006 – um corte de 53% de Cabernet Sauvignon, 27% de Malbec e 20% de Petit Verdot , com todas as uvas vindas do Valle del Colchagua. Passa 18 meses de afinamento em barricas. Rubi violáceo, num vinho muito concentrado, sem halo algum de evolução. Nariz complexo, frutas negras maduras, notas de framboesa, toques florais, minerais lembrando pedra de isqueiro. Na boca mostrou ótima acidez, taninos finos presentes e marcantes, bom corpo e persistência longa. Retrogosto frutado, bem equilibrado e vai ganhar com mais uns 4 anos de guarda.

● CENIT 2007 – um corte de 41% de Cabernet Sauvignon, 39% de Malbec e 20% de Petit Verdot, com todas as uvas vindas do Valle del Colchagua. Passa 18 meses em barricas sendo que 90% de francesas e 10% de americanas  – Muito parecido com o 2006. Rubi violáceo, de média concentração, sem halo de volução tembém. Boa complexidade, mostrando nota floral, toque mineral, frutas escuras como cereja e ameixa, algo terroso, depois aparece uma camada de especiarias como pimenta do reino. Na boca mostrou-se mais elegante que o da safra de 2006, boa acidez, taninos macios, bem estruturado e com persistência longa, retrogosto frutado com toques evidentes de café. Creio que ficará pronto mais cedo que o 2006.

● CENIT 2008 – um corte de 30% de Cabernet Sauvignon, 34% de Malbec, 21% de Petit Verdot e 15% de Carmenere, com todas as uvas vindas do Valle del Colchagua. A novidade fica por conta da introdução do Carmenere, que não apareceu nas safras anteriores e dá ao vinho um toque vegetal e parece ser menos “duro” que as safras anteriores. Passa 20 meses de barrica sendo 81% francesa e 19% húngara – Rubi violáceo, de média concentração, sem halo de evolução. Mostra grande complexidade, com toque frutado (ameixa), nota floral, um ar balsâmico, terroso, café e tostado agradável. Na boca mostrou boa acidez, taninos perceptíveis em fase de educação, corpo médio, longa persistência e final de boca que promete.

Importador: DECANTER
Contato: (31) 3287-3618.
Onde Degustei: ENOTECA DECANTER  - BH

DEGUSTAÇAO DE VINHOS CENIT NA ENOTECA DECANTER -BH


DEGUSTAÇAO DE VINHOS CENIT NA ENOTECA DECANTER -BH
O Cenit é um vinho muito bem produzido: todas as suas características tais como acidez, taninos, aromas, sabores, são muito bem cuidados. De forma geral lembra o estilo de Bordeaux, sendo muito mais (minha opinião), um vinho gastronômico, que ganha e valoriza a comida. De qualquer forma, estão todos ainda muito jovens, precisando de uns 4 a 5 anos para atingirem seu apogeu. Gostei muito do vinho de 2007. Os CENIT custam R$ 282,00 a garrafa.

Safras por vir: ● CENIT 2009 – um corte de 30% de Cabernet Sauvignon, 21% de Malbec, 23% de Petit Verdot e 26% de Carmenere. ● CENIT 2009 – um corte de 40% de Cabernet Sauvignon, 20% de Malbec, 17% de Petit Verdot, 13% de Carmenere e a novidade 10% de Cabernet Franc (mais Bordeaux impossível !). Você pode encontrar os vinhos CENIT e demais rótulos da Caliterra na Enoteca Decanter: 31 3287-3618. Local: Rua Fernandes Tourinho, 503 – Funcionários – Belo Horizonte / MG. Na ADEGA DO MERCADO – MERCADO DISTRITAL DO CRUZEIRO – Rua Ouro Fino, nº 452 - Reservas pelo tel.: 3281-3539, ou ainda ROYAL VINHOS - Av. Prudente de Morais, 513 - Cidade Jardim  Belo Horizonte - MG, 30380-000. Tel.: (31) 3466-2588.

Importador: DECANTER
Contato: (31) 3287-3618.
Onde Degustei: ENOTECA DECANTER  - BH

BARBEITO MADEIRA 3 ANOS DOCE


 BARBEITO MADEIRA 3 ANOS DOCE –
Considerado pela crítica de vinhos Jancis Robinson o "Château Lafite da Madeira" pelo capricho e empenho na elaboração de seus vinhos. Para se produzir este vinho naturalmente doce, a fermentação é interrompida com a adição de álcool vínico. A oxidação pode se dar por estufagem ou canteiro. Na estufagem, os vinhos permanecem por três meses à 45ºC. No método de canteiro, os vinhos vão pra barris de carvalho usados que possibilitam uma oxidação bastante lenta. Deste processo resulta um vinho quase indestrutível.
Harmonizações: versátil na combinação com tortas a base de frutas, com figo turco, chocolate.
NOTA MEDIANA NA NOITE - /100. Votos como Melhor da Noite)

Importadora: CASA DO VINHO
Contato: (31) 3337-7177
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 49,50.

QUINTA DO VALE MEÃO 2008



 DOURO - QUINTA DO VALE MEÃO 2008  -
O disputado "Barca Nova", elaborado com as mesmas uvas que costumavam produzir o famoso Barca Velha a partir dos vinhedos desta Quinta. Concentrado, extremamente rico e potente, muito complexo, ele bateu os maiores vinhos de Portugal em uma degustação às cegas organizada pela Revista de Vinhos. Realmente fantástico, é o melhor tinto português para Wine Spectator.  Nesta degustação mostrou grande potencial, mas ainda jovem, merecendo mais alguns anos de guarda.
Premiações mais Relevantes: WS95
Sugestão de Guarda: Mais de 10 anos
Harmonizações: Carnes, cabrito e cordeiro.
NOTA MEDIANA NA NOITE - 92/100. 02 Votos como Melhor da Noite.

Importadora: MISTRAL
Contato: (31) 3115-2100
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 385,06.

O DODA - QUINTA DA PELLADA 2009


● DÃO - O DODA - QUINTA DA PELLADA 2009 –
Dirk Niepoort e Alvaro Castro, da Quinta da Pellada - dois dos mais aclamados enólogos de Portugal - criaram a quatro mãos um vinho que combina o melhor da região do Dão, famosa pelos tintos aromáticos e cheios de finesse, com a estrutura e concentração dos vinhos do Douro, Antigamente chamado Dado, o nome Doda é formada pelas sílabas iniciais das duas regiões. Um tinto de minúscula produção, já é tido pela crítica portuguesa como um dos grandes vinhos do país. Para o respeitado crítico João Paulo Martins, o vinho mostra "uma combinação perfeita de vigor e elegância". Uma grande criação de dois dos maiores talentos de Portugal. 
Sugestão de Guarda: Mais de 10 anos
Harmonizações: Carnes grelhadas e cordeiro.
NOTA MEDIANA NA NOITE - 94/100. 06 Votos como Melhor da Noite.

Importadora: MISTRAL
Contato: (31) 3115-2100
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 297,50.

ALTANO 2008 (ORGÂNICO)


● DOURO - ALTANO 2008 (ORGÂNICO) –
O Altano Biológico é o primeiro vinho totalmente orgânico elaborado pela família Symington, com uvas cultivadadas na região nordeste do Douro, a 35km da fronteira com a Espanha. Maturado 10 meses em barricas de carvalho francês e americano, combina um frutado exuberante com um elegante toque sedoso no palato. Um vinho de ótima relação qualidade/preço, como todos da vinícola.
Sugestão de Guarda: até 5 anos
Harmonizações: Carnes vermelhas e massas.
NOTA MEDIANA NA NOITE - 87/100. 01 Voto como Melhor da Noite.

Importadora: MISTRAL
Contato: (31) 3115-2100
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 71,64.

TAPADA DO FIDALGO RESERVA 2008


● ALENTEJO - TAPADA DO FIDALGO RESERVA 2008 –
Tapada do Fidalgo é propriedade de Henrique Granadeiro que nascido no Alentejo é apaixonado pela sua terra e pelos vinhos alentejanos. Fez uma brilhante carreira como executivo em grandes empresas portuguesas. Faz parte do Conselho de Administração da Fundação Eugénio de Almeida desde 1987. A sua atuação foi e é fundamental para o crescimento contínuo que a Fundação Eugénio de Almeida alcançou nestes últimos 20 anos.

Em 1997 realizou o sonho de produzir o seu próprio vinho ao adquirir o Monte dos Perdigões. Neste seu projeto de vida aplica os mesmos princípios de qualidade responsáveis pelo sucesso da Fundação Eugénio de Almeida.
       
Nesta bonita adega imperam materiais nobres como o mármore alentejano e o carvalho francês “allier” são vinificados e engarrafados os vinhos Tapada do Fidalgo sob o rigoroso controlo de uma dedicada equipa chefiada pelo enólogo Pedro Baptista e inspirados pela visão de autor de Henrique Granadeiro.

Eleito vinho tinto do ano pela revista Gula 2011. Castas: Alicante Bouschet, Aragonez, Trincadeira. Um vinho de cor granada. Aromas de boa intensidade, com notas de fruta do bosque fresca associadas a ligeiras notas florais e especiarias. Na boca mostrou taninos muito macios e maduros, boa concentração. Muito persistente e elegante. Observações: Estagiou 12 meses em tonéis e barricas de carvalho francês.
Sugestão de Guarda: de 5 até 10 anos
Harmonizações: Cordeiro, caça, carnes em geral.
NOTA MEDIANA NA NOITE - 90/100. 02 Votos como Melhor da Noite.

Importadora: ADEGA ALENTEJANA
Contato: (11) 5044-5760 e (31) 99031474
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 59,20.

CAMPOLARGO PINOT NOIR 2008


● BAIRRADA - CAMPOLARGO PINOT NOIR 2008 –
Excelente tinto elaborado por Campolargo com a casta Pinot Noir. Em alguns anos específicos, se adiciona um pouco de baga. É um vinho elegante e complexo. 
Premiações mais Relevantes: WE 90
Sugestão de Guarda: de 5 até 10 anos
Harmonizações: Aves de carne escura, carnes leves.
NOTA MEDIANA NA NOITE - 90/100. 06 Votos como Melhor da Noite.

Importadora: MISTRAL
Contato: (31) 3115-2100
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 123,28.

PÓ DE POEIRA 2008

● DOURO - PÓ DE POEIRA 2008 –
Um" super segundo vinho", o ótimo Pó de Poeira tinto é elaborado com uma parte de uvas de vinhas mais jovens, que conferem ao tinto um caráter encorpado mas macio, mostrando todas suas virtudes logo nos primeiros anos. Um excelente Douro, com a grande classe de Poeira e um preço muito convidativo para suas qualidades.
Sugestão de Guarda: de 5 até 10 anos
Harmonizações: Cordeiro, caça, carnes em geral.
NOTA MEDIANA NA NOITE - 88/100. 01 Voto como Melhor da Noite.

Importadora: MISTRAL
Contato: (31) 3115-2100
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 123,18.

TIARA BRANCO 2009


● DOURO - TIARA BRANCO 2009 –
Um vinho surpreendente, de minúscula produção, que tem sido cultuado pelos conhecedores em Portugal. Ele é talhado pelo genial Dirk Niepoort, com castas locais do Douro, para lembrar os melhores Rieslings, mostrando um frutado exuberante e um incrível frescor. Um branco de incrível complexidade e carisma. 
Harmoniza bem com peixes, frutos do mar, bolinho de bacalhau; truta com amêndoas.
Premiações mais Relevantes: Revista de Vinhos: 16,5 / 20 pontos (safra 08)
NOTA MEDIANA NA NOITE – 90/100. 06 Votos como Melhor da Noite.

Importadora: MISTRAL
Contato: (31) 3115-2100
Onde Degustei: ESPAÇO ENOGASTRONÔMICO MARCIO OLIVEIRA - BH
Quanto: R$ 138,30.