sábado, 21 de janeiro de 2012

PETRIGNONE SANGIOVESE RISERVA 2007 TRE MONTI – EMILIA ROMAGNA – ITÁLIA.

PETRIGNONE SANGIOVESE RISERVA 2007 TRE MONTI – EMILIA ROMAGNA – ITÁLIA.
A Tre Monti foi adquirida por Sergio Navacchia nos anos de 1960 e desde 1986 envolve em tempo integral os filhos David e Vittorio. Distribuídos em dois espaços e terroirs, um na Serra (sobre as colinas de Imola), onde também está a adega e o vinhedo de Petrignone, e o outro nas colinas de Forlì, onde está o vinhedo histórico de Thea. Os solos da Serra são predominantemente argilosos, constituídos de argila clara com algumas áreas ricas em calcário, expressando a excelência das uvas da Serra. O solo argiloso de Petrignone é mais evoluído, com a presença de areia que chega a 20% e um terraço pedregoso de rio que emerge de forma desigual nas vinhas de Sangiovese.
Reconhecimentos: O Gambero Rosso, Guia de vinhos italianos mais famoso do mundo (relacionando 2.350 produtores/ 20.000 vinhos, dos quais 402 vinhos receberam  "Tre Bicchieri"), pelo segundo ano consecutivo deu “Ter Bicchieri” para o
Petrignone Sangiovese Riserva
Uvas: 100% Sangiovese.
Características Organolépticas: Cor vermelho rubi brilhante. Aromas intensos de frutas vermelhas, cerejas negras e notas de especiarias e pimenta preta. Na boca, mostra o mesmo perfil aromático, com belo final longo e persistente, taninos de caráter e finesse. Um vinho elegante e vibrante, limpo, vivo.
Guarda e Consumo: Pronto para consumo ou para mais 5 anos.
Harmonização: com pratos substanciosos com presunto di parma, pancetta e bisteca grelhada.
Importador: CASA DO VINHO
Contato: (31) 3337-7177 ou (31) 3286-7891.
Onde Bebi: COMEMORAÇÃO COM FAMILIARES
Onde Comprei: CASA DO VINHO
Quanto: R$ 89,00

IL PIAGGIONI ROSSO TOSCANO VITIGNO SANGIOVESE 2009 – IGT – MONTALCINO – ITÁLIA.

IL PIAGGIONI ROSSO TOSCANO VITIGNO SANGIOVESE 2009 – IGT – MONTALCINO – ITÁLIA.
A Mocali foi fundada em 1960, seu proprietário foi também um dos 25 fundadores do Consorzio da denominação Brunello di Montalcino (O primeiro produtor de Brunello foi Biondi-Santi, em 1888). Os atuais proprietários são Tiziano Ciacci e sua esposa, Alessandra. Expandindo a vinícola familiar, iniciaram em 1987 a aquisição de novos vinhedos, sendo 1990 sua primeira safra operacional na nova gestão. Os Ciacci possuem 32 hectares próximos à histórica cidade de Montalcino. Ali convivem no típico ambiente toscano florestas naturais de pinho e carvalho, olivais e 9 hectares de vinhedos, sendo 6 hectares classificados na DOCG Brunello Di Montalcino. Os vinhos são elaborados exclusivamente com a variedade Sangiovese Grosso, uma variação da Sangiovese que - curiosamente - produz cachos pequenos de uvas também pequenas. Os vinhedos são replantados a cada 25 anos! Não faz parte desse terroir a evolução de “vinhas velhas” tão prestigiada na Espanha (por exemplo). Os vinhedos têm uma densidade de 3.000/3500 plantas por hectare e a produção anual de Brunellos é de 30.000 garrafas. Os terrenos da vinícola são voltados para o mar e por isso sofrem influência de brisas marinhas o que leva as plantas a serem mais robustas e, portanto originarem vinhos também mais robustos. O seu delicioso Il Piaggioni Rosso Toscano, é um vinho de um excelente custo-benefício, assim como os Brunellos da Mocali têm preços bastante atraentes, se comparados a vinícolas mais famosas, sem dever nada à qualidade dos vinhos.  Aliás, seus vinhos são indicados pela Carta de Vinhos da Itália que apresenta uma seleção dos melhores 100 vinhos italianos
Composição de Castas: 100% Sangiovese.
Características Organolépticas: Rubi de boa intensidade, límpido. Aromas de frutas escuras, com notas de café, abrindo-se depois para toques de frutas do bosque, e chocolate. Na boca, lembra ameixa bem madura e cereja. Um vinho com boas notas de frutas escuras, madeira no ponto certo com notas de chocolate. Equilibrado, redondo, de corpo médio a encorpado, taninos robustos, longo e de rico final.
Importador: CASA DO VINHO
Contato: (31) 3337-7177 ou (31) 3286-7891.
Onde Bebi: COMEMORAÇÃO COM FAMILIARES
Onde Comprei: CASA DO VINHO
Quanto: R$ 55,00.

ALTANO 2009 – DOURO - PORTUGAL

ALTANO 2009 – DOURO - PORTUGAL
Um belo vinho, o delicioso Altano foi indicado simplesmente como uma das "Melhores Relações Qualidade/Preço em todo o mundo" pela Wine Spectator! A revista também o classifica como um dos maiores "Top Value" de Portugal. É um corte rico e saboroso de Tinta Roriz e Touriga Francesa, elaborado na Quinta do Sol, propriedade da famosa família Symington no Douro.  Um corte das uvas Tinta Roriz. Touriga Franca, Tinta Barroca, provenientes de vinhedos localizados na região do Douro. Colheita manual e rendimentos limitados. Na vinificação há rigorosa seleção das uvas. Usa leveduras selecionadas na fermentação realizada em cuba de aço inoxidável, onde se faz uma maceração suave a baixa temperatura, com o objetivo de extrair cor e limitando a extração de tanino, criando um vinho aromático e macio. Passa 4 meses em barricas de carvalho francê e americano e mais 4 meses de garrafa antes de sair ao mercado.
Teve os seguintes reconhecimentos:
Revista de Vinhos: "Boa Compra" (08)
Wine Spectator: 88 pontos (05) - "Best Value"
Decanter: 4 Estrelas (04).
Características Organolépticas: Rubi intenso. No nariz, mostra muita fruta vermelha e negra madura como ameixas, cerejas e amoras. Nota- se a madeira sutil e apetitosa.
Boca com boa acidez, um vinho equilibrado e de corpo médio. Finaliza bem na boca, mostrando boa persistência e nenhum amargor. Excelente para beber agora ou para guardar por mais alguns poucos anos.
Guarda e Consumo: Pronto para consumo ou para mais uns 4 anos.
Harmonização - Carne vermelha, aves e queijos com mais estrutura.
Importador: MISTRAL
Contato: (31) 3115-2100  e (11) 2574-8303.
Onde Comprei: MISTRAL
Quanto: R$ 48,40

LUCCARELLI PRIMITIVO DI MANDURIA OLD VINES 2008 – PUGLIA - ITÁLIA

LUCCARELLI PRIMITIVO DI MANDURIA OLD VINES 2008 – PUGLIA - ITÁLIA
Pouca gente sabe que alguns dos mais velhos vinhedos da península itálica estão na Puglia( região correspondente ao “salto da bota”) A Puglia é o berço de vinhas que podem ter até 80 anos de vida. Velhas vinhas de Primitivo, verdadeiras protuberâncias da terra; uma vez por ano lançam ramos verdes ao céu, numa tentativa de se libertarem daquela forma retorcida imposta pela natureza e presenteiam o homem com o fruto de seu esforço.
A uva Primitivo reina quase absoluta na Puglia, mas é na região (DOC) Primitivo di Manduria que mostra suas melhores qualidades. O Luccarelli é produzido pela San Marzano, uma cooperativa que agrega 1.200 viticultores, totalizando 500 hectares de vinhedos no coração da DOC Primitivo di Manduria. Adeptos da modernidade, procuram conciliar a tecnologia com as tradições locais, sem perder a identidade da sua região de origem. O Old Vines Luccarelli é um vinho surpreendente, uma vez que apresenta um estilo mais próximo ao do Novo Mundo, porém mantendo uma personalidade própria. Produzido a partir de vinhas velhas e de uvas super maduras, o resultado é uma mistura explosiva de muita fruta, maciez e álcool. Sim, produtores de todas as partes fazem isso (ou tentam fazer), mas no Luccarelli o resultado é muito feliz.
Características Organolépticas: Cor rubi intenso e escuro, com muita pigmentação na taça. Nariz intenso com fruta madura, lembrando compota de cereja e amora, e ao mesmo tempo, notas de baunilha de carvalho novo, toques de especiarias doces e ervas secas, café, tabaco e chocolate. Em resumo, bela complexidade de aromas. Um vinho encorpado e redondo, com taninos sedosos que ajudam a criar uma grande sensação de maciez; excelente acidez, levando em conta a maturação das uvas. Final muito agradável e com boa persistência. O Luccarelli é um vinho macio e concentrado, como muitos vinhos atuais, porém não deixa a desejar em frescor e vivacidade, graças ao bom equilíbrio fruta/álcool/acidez. Os 14,5% de álcool nem aparecem !!!
Importador: CASA FLORA / PORTO A PORTO
Contato: (11)2842-5199 / (41) 3018-7393
Onde Degustei: COMEMORAÇÃO COM FAMILIARES
Quanto: R$ 145,00

14 – 18h DRY ROSÉ WINE AGIORGITIKO 2009 – PELOPONELO - GRÉCIA

14 – 18h DRY ROSÉ WINE AGIORGITIKO 2009 – PELOPONELO - GRÉCIA
Delicioso rosado é elaborado com a casta Agiorgítiko, a mais emblemática da Grécia, por Gaía, um dos maiores nomes do vinho grego. Perfeito para os dias mais quentes, e um vinho fresco e seco, com saborosas notas de frutas vermelhas e boa presença de boca. Vinhedos localizados nas colinas de Koutsi e Klimenti, em Neméa, na região do Peloponeso. As uvas são fermentadas na presença das cascas durante um período de apenas 14-18 horas, razão do nome do vinho, para obter uma coloração rosada. O vinho não tem nenhum contato com barrica.
Degustação - Cor rosa clara, cristalino. Aromas frutados inicialmente vão cedendo espaço para os aromas de especiarias ao fundo. Na boca mostra bom frescor, bom equilíbrio dos sabores de frutas vermelhas e notas secas de especiarias. Boa acidez, boa persistência, deixando a boca frutada e refrescante. Está pronto para consumo.
Harmonização - Um rosado de corpo médio e que vai bem para bebericar ou para acompanhar peixes, crustáceos, lagosta, carnes brancas e cozinhas asiáticas.
Importador: MISTRAL
Contato: (31) 3115-2100  e (11) 2574-8303.
Onde Comprei: MISTRAL
Quanto: R$ 74,80

ALMIREZ 2008 – TORO - ESPANHA

ALMIREZ 2008 – TORO - ESPANHA
Um belo vinho vindo da Espanha da região de Toro, onde os seus tintos são todos das uvas Tinta de Toro, muito mais conhecida como Tempranillo. A região é vizinha da mais conhecida Ribera Del Duero. O Almirez é a mais recente aposta em terras de Toro, levada a cabo pelo prestigiado Grupo Eguren, que depois de vender a Bodega Numanthia Termes ao grupo LVMH (Louis Vuitton, Moët, Hennessy), que ora volta à carga com os novos vinhos da sua nova bodega em Toro, Teso la Monja.
Nesta mesma bodega elabora o elegante Victorino e o portentoso Alabaster. O vinho Almirez é criado a partir de vinhedos próprios com plantas de idades que variam entre os 15 e os 35 anos de idade, localizados em Valdefinjas e Toro. É um vinho de entrada de gama, com um preço muito mais que acessível, com o cunho de qualidade que acostumou o grupo Eguren. Como nota curiosa, a palavra Almirez provém do Árabe "al-mirhäs" e corresponde a pequeno almofariz utilizado na cozinha para moer alhos, especiarias, sementes...
Reconhecimentos:
Guia Proensa: 91
Guia Peñin: 91
Uvas: 100% Tinta de Toro.
Vinificação: fermentação malolática em barricas novas de carvalho francês. Criado em barricas de carvalho francês 30% novas e 70% em barricas de um ano, por um período de 12/14 meses.
Características Organolépticas: Cor rubi escuro, sem o menor sinal dos seus 5 anos (bebido em janeiro de 2012). Aromas de bala toffee, intenso e longo, que com o tempo foi ganhando aromas de fruta escura madura, notas de carvalho e especiarias, mostrando boa complexidade (afinal estagiou 12 meses em 30% de barrica nova de carvalho francês e 70% em barrica de 1 ano). A qualidade e intensidade da fruta (frutos do bosque), madura, fresca e ao mesmo tempo com toque guloso de compota e notas de alcaçuz estimulam a degustação. A madeira está presente, mas de forma discreta, contribuindo nos toques de baunilha, café torrado, e especiarias. Na boca mostrou-se frutado, intenso, macio e com madeira presente no ponto certo, num ataque arrebatador. A fruta parece explodir na boca, evoluindo para toques de café torrado e licor de frutas do bosque. Um vinho bem estruturado com corpo médio, que certamente agradará gregos e troianos.
Guarda e Consumo: Pronto para consumo ou para mais 10 anos.
Harmonização: com pratos substanciosos com presunto ibérico, pata negra, carnes grelhadas.
Importador: PENINSULA
Contato: (11) 3822-3986
Onde Comprei: COMPRA DIRETA A IMPORTADORA
Quanto: R$ 174,00

WILLIAM FEVRE CHARDONNAY 2010 – PIRQUE- CHILE

WILLIAM FEVRE CHARDONNAY 2010 – PIRQUE- CHILE
William Fevre, um dos produtores mais importantes da França quando o assunto é Chablis. Ele produz um dos melhores Chablis, e tornou-se famoso no negócio do vinho dedicando a mais de 30 anos em aperfeiçoar a arte da vinificação. Em 1991, ele decidiu procurar melhores terroirs e com sua ampla experiência buscou o Chile.
A Vinícola William Fevre fica localizada em San Juan de Pirque, uma pequena aldeia ao sul de Santiago, nas margens do rio Maipo em Alto Maipo a quase 1.000 metros sobre o nível do mar. A adega está implantando um novo conceito de vinhos:
Uvas: 100% Chardonnay.
Características Organolépticas: Cor amarela clara com reflexos verdeais. Aroma intenso, de frutas cítricas (limão siciliano), maçã verde, com um toque de mineral e floral ao fundo. Na boca é fresco com uma pitada de salinidade, vinho bastante  persistência, equilibrado e com uma ótima acidez.
Sugestão de Guarda: Pronto para consumo.
Harmonização: Par perfeito para acompanhar camarões, mariscos, peixes, aves e carnes brancas, massas com molho de frutos do mar, molhos brancos, queijos, ou simplesmente bebericar. Sirva gelado entre 9 a 11ºC.
Onde Degustei: COMEMORAÇÃO COM FAMILIARES.
Quanto: R$ 35,00

CONDE DE VALDEMAR ROSADO 2010 – RIOJA - ESPANHA

CONDE DE VALDEMAR ROSADO 2010 – RIOJA - ESPANHA
Recém lançado pelas tradicionais Bodegas Valdemar, este é o melhor rosado da vinícola, elaborado com as castas Garnacha e Tempranillo. Logo na primeira safra já arrematou a Medalha de Ouro no concurso "Le Mondial du Rosé", na França, e foi apontado como um "Best Buy" pela Wine Enthusiast.
Degustação - Cor rosa intensa e estimulante, cristalino. Aromas frutados de morangos, cerejas com boa intensidade. Na boca mostra ótimo frescor, bom equilíbrio e persistência dos sabores de frutas vermelhas, deixando a boca frutada e refrescante. Pede o segundo gole imediatamente...Está pronto para consumo, mas não leve apenas uma garrafa, pois vai evaporar rápido !!!
Harmonização - Um rosado de corpo médio e que vai bem para bebericar ou para acompanhar peixes, crustáceos, lagosta, carnes brancas e cozinhas asiáticas.
Importador: MISTRAL
Contato: (31) 3115-2100  e (11) 2574-8303.
Onde Comprei: MISTRAL
Quanto: R$ 44,88

CLOUDLINE PINOT NOIR 2008 – OREGON – ESTADOS UNIDOS

CLOUDLINE PINOT NOIR 2008 – OREGON – ESTADOS UNIDOS
Após colocar o estado do Oregon no mundo do vinho, Véronique Drouhin-Boss criou um novo projeto com um objetivo claro: elaborar o Pinot Noir de melhor relação qualidade/preço dos Estados Unidos. Em pouquíssimos anos, a linha Cloudline já é umas das marcas de maior sucesso do Oregon, produzindo vinhos leves e cheios de personalidade, com grande apelo varietal. As uvas vem de vinhedos plantados no Willamette Valley, um dos melhores terroirs da Pinot nos Estados Unidos. Este vinho é um verdadeiro achado - fino e sedoso, com um delicioso toque francês. Passa por barricas usadas para que o carvalho fique no ponto de dar um toque, mas não sobrepor ao vinho.
Consumo e Guarda - Pronto para beber, podendo ser guardado por mais 5 anos.
Degustação – Cor rubi claro, com boa intensidade. Aromas de frutas vermelhas, algo de defumado, notas doces de baunilha e especiarias. Boca gostosa, com boa acidez, que pede um segundo gole na hora. Corpo médio.
Harmonização - Ideal para bebericar, e o melhor é que com seu corpo médio, tem capacidade para acompanhar pratos com carnes brancas, aves (pato), carne de porco e cordeiro, especialmente servidos com molhos a base de compotas. Ficou excelente acompanhando um lombinho de porco servido com batatas assadas com ervas de Provence.
Importador: MISTRAL
Contato: (31) 3115-2100  e (11) 2574-8303.
Onde Comprei: MISTRAL
Quanto: R$ 87,82