segunda-feira, 28 de agosto de 2017

BRUMADINHO GOURMET


4 a 10 DEZ 2017. ENOGASTRO VAMOS AO .... SUL DE MINAS E NORTE DE SÃO PAULO

● 4 a 10 DEZ 2017. ENOGASTRO VAMOS AO .... SUL DE MINAS E NORTE DE SÃO PAULO.
Mais uma Jornada que forma parte do projeto de percorrer as regiões vitivinícolas menos conhecidas do Brasil. Desta vez para a divisa destes dois estados nos quais se produzem excelentes e já internacionalmente reconhecidos vinhos como também AOVE´s (Azeite de Oliva Virgem Extra). 



Recentemente 27 vinhos brasileiros foram premiados na Decanter World Wine Awards 2017, evento organizado pela prestigiada revista inglesa Decanter, em Londres e 5 rótulos são elaborados com a tecnologia da dupla poda desenvolvida no Núcleo Tecnológico da Uva e Vinho da EPAMING, a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais localizada em Caldas e que poderá ser visitada.
Como é de costume este programa, sendo de conhecimento para quem participa, é liderado pela mineira Ana Maria Gazzola, Professora da ABS-Rio de Janeiro (Associação Brasileira de Sommeliers).

O detalhamento do programa está ainda em elaboração, serão visitadas as vinícolas que hoje já estão em operação como a sua própria estrutura, como são a LUIZ PORTO que produz o “Dom de Minas” em Cordislândia (MG), a CASA GERALDO e VILLA MOSCONI, ambas produzindo bons espumantes em Andradas (MG), assim como a GUASPARI com os seus premiados “Vista da Serra” e “Vista do Chá” em Espirito Santo do Pinhal (SP).

Tem outras destacadas vinícolas na região, mas que pelo momento só tem vinhedos e vinificam ou na EPAMING de Caldas ou na Guaspari. Sendo assim não se deixarão também de degustar em alguma ocasião durante a viagem. São estas as afamados vinícolas MARIA MARIA de Três Pontas (MG), produzindo os destacados “Bia” e “Agda”, a ESTRADA REAL de Três Corações (MG) com o seu famoso “Primeira Estrada” o qual foi praticamente o pioneiro dos vinhos finos em Minias, e a CASA VERRONE em Itobi (SP). Em todo este terroir fértil impera de forma destacada a variedade Syrah, más já com outras muitas uvas em produção, com destaque para a Sauvignon Blanc entre as brancas.

Mas no final o qué é isso da técnica da “dupla poda” ou “poda invertida”? Tradicionalmente a colheita das uvas no hemisfério sul é no verão, uma época nesta região de muitas chuvas o que não á favorável para o momento da safra. A solução foi inverter o ciclo produtivo da planta, alterando para o inverno a colheita.  Ou seja, o invés de podar a videira em AGO para a colheita de JAN/FEV a pode é feita em JAN amadurecendo a partir de MAI para a colheita em JUL.


Mas sendo uma viagem também Gastronômica, serão incluídas visitas a Almazaras (do árabe al-ma´sara, ou seja, “a prensa”, portando o moinho ou indústria onde é produzido o azeite a partir da oliveira), atividade que está em destaque ao logo de toda a Serra da Mantiqueira, passando por São Bento do Sapucaí (SP) e Maria da Fé (MG) onde fica outra EPMING que começou com o seu campo experimental de oliveiras em 2008, podendo visitar produtores como a OLIQ e BORRIELLO, entre outras, assim como a própria EPAMING. São já muitos produtores integrados  numa Associação local e a produção de azeite mineiro registrou safra recorde neste ano de 2017 a finalizar a colheita em ABR com 365 toneladas de azeitona e 42 mil ltr de azeite extraídos. Nada mal!  Para 2018, há planos de lançamento de um selo de origem para atestar a qualidade do azeite, em parceira com a Epamig.
E além de mais, alguma produtor de Queijo com também, para finalizar um produtor de presento cru tipo o espanhol de JAMÓN SERRANO SALAMANCA em Catanduva (SP) de descendentes espanhóis de Guijuelo na Província de Salamanca onde se produzem os famosos Jamónes Ibéricos Pata Negra.

ROTEIRO e PREÇO: Em elaboração   Pgto.: Inscrição R$ 1.000,00. Restante a vista facilitado com pgto. total até 30 dias antes da saída  PRAZO INSCRIÇÃO5 OUT 2017  Lugares limitados a 20 pessoas. Mínimo 17 pessoas. INFORMAÇÕES e RESERVAS:  Na ZÊNITHE TRAVELCLUB, Experiências EnoGastronômicas e Culturais pelo Mundo e o Brasil. Belo Horizonte. Contato: Joseane Queiroz fit1@zenithe.tur.br TEL. (31) 3225-7773.   http://zenithetravelclub.blogspot.com.br



  

CONVIVIUM


CHATEAU GRAVAS SAUTERNES 2009 – BORDEAUX - FRANÇA

● Vinho da Semana 352017 - ● CHATEAU GRAVAS SAUTERNES 2009 – BORDEAUX - FRANÇA – O Château Gravas foi fundado em 1850 e hoje é comandado pela 6ª geração da família. Os vinhos desse produtor são elaborados com bastante esmero, desde a uma meticulosa condução do vinhedo até o minucioso trabalho dentro da vinícola. As uvas vem da região de Haut Barsac e a colheita manual ocorre através de sucessivas seleções. A vinificação é feita em tanques de aço inox e depois o vinho estagia 18 meses em barricas “fût de chêne”. Os solos de argila e calcário da vinha de 8 hectares em Haut Barsac proporcionam o melhor ambiente para a uva Semillon ser ali cultivada.
Sauternes é uma sub-região de Bordeaux que se dedica à produção de vinho branco não fortificado, doce. Estes vinhos são feitos de uma mistura de uvas Semillon, Sauvignon Blanc e Muscadelle. A região encontra-se ao longo de dois rios que criam uma atmosfera úmida para promover o crescimento de Botrytis cinera (Noble Rot), que remove a água da fruta e concentra o açúcar da uva. Isso muitas vezes acontece no final da temporada de maturação dos cachos com o risco de frio e geada. A produção de Sauternes é arriscada devido a estas condições extremas de crescimento, que podem se refletir em um preço mais alto para o vinho. As uvas são colhidas praticamente bago por bago a partir de várias passagens por cada videira.
● Notas de Degustação: cor amarela com reflexos dourados, brilhante. Os aromas são intensos, com destaque imediato para a flor de laranjeira. Depois vão aparecendo outras notas como o damasco, pêssego, manga, mel, flor branca, amêndoa seca e um toque de especiarias doces de canela, baunilha e gengibre. Na boca mostra muita elegância, com corpo médio, e com a doçura em equilíbrio com a boa acidez. Final longo, frutado e encantador.
● Estimativa de Guarda: Já está pronto para a taça, mas aguenta guarda fácil por 15 anos. Não mostrou a menor perda de qualidade pela guarda e 8 anos !!!
Notas de Harmonização: ótimo para acompanhar fois gras, com sobremesas a base de frutas, castanhas, ou simplesmente apreciá-lo como vinho de meditação. Servir entre 7 e 8°C.

Onde comprar: Em BH - Enoteca Decanter - Rua Fernandes Tourinho, 503 – Funcionários – Belo Horizonte / MG. Telefone: (31) 3287-3618.

CAMPLAZENS SYRAH 2012 – PAYS D´OC / LANGUEDOC - FRANÇA

● Vinho da Semana 352017 - ● CAMPLAZENS SYRAH 2012 – PAYS D´OC / LANGUEDOC - FRANÇA – La Clape foi uma ilha na época da invasão romana da Gália em 118 A.C. e o Chateau Camplazens é uma das poucas vinhas localizadas no topo do maciço com videiras plantadas a uma altitude de 150 metros e 2 km Do Mar Mediterrâneo. As condições meteorológicas são ideais com mais de 3000 horas de sol por ano, a maior em qualquer parte do norte do Mediterrâneo. O Château Camplazens está localizado em um planalto de solos vermelhos mediterrânicos com uma mistura de areia, limo e argila em solo calcário.
Os verões são longos e quentes, com o vento seco dominando NW periodicamente intercalado com períodos de névoa temperada do sudoeste, o prólogo da estação de crescimento que se estende até outubro. Os invernos são suaves e úmidos, com o risco de geadas em abril muito menores devido à proximidade com o Mar Mediterrâneo.
● Notas de Degustação: Amplamente reconhecido como um excelente exemplo de como combinar a elegância e intensidade apimentada da uva Syrah, resultando em um delicioso vinho para complementar uma grande variedade de pratos. Este muito bem equilibrado e multi premiado varietal se mostra rica fruta escura, pimenta branca, especiarias e perfumadas notas de alcaçuz e cacau, casca de laranja, ervas e violetas. Bem equilibrado, com muitas camadas complexas de taninos sutis e boa acidez, garantindo suavidade e um final sedoso.
● Estimativa de Guarda: Já está pronto para a taça. A guarda recomendada é por até 7 anos.
● Reconhecimentos: uma referência quando se trata de melhores syrahs do mundo, Top 10 Best Syrah du Monde 2011 - 5 ª edição do concurso Syrah du Monde international wine competition, organizado pela Forum OEnologie. Syrah Du Monde 2012 – Medalha de Ouro.
Notas de Harmonização: carnes vermelhas, cordeiro, cabrito, cogumelos com ervas. Por conta de suas frutas vermelhas maduras, ameixa e condimentos que combinam com as sedutoras notas de baunilha e chocolate, este vinho vai muito bem com chocolate 70%. Servir entre 17 e 18°C.

Onde comprar: Em BH: CASA DO VINHO - End.: Loja Barro Preto - Av. Bias Fortes, 1543 – Barro Preto – Belo Horizonte (MG) - Tel: (31) 3337-7177. Loja Mangabeiras – Av. Bandeirantes, 504 – Mangabeiras – Tel: (31) 3286-7891. Blog: http://blogdacasadovinho.blogspot.com / Facebook: www.facebook.com/casadovinhobh Site: www.casadovinho.com.br  

TERROIR D´ELEGANCE VINHETICA 2015 – CAMPANHA GAÚCHA - RIO GRANDE DO SUL – BRASIL

● Vinho da Semana 352017 - ● TERROIR D´ELEGANCE VINHETICA 2015 – CAMPANHA GAÚCHA - RIO GRANDE DO SUL – BRASIL – Gaspar Desurmont é um jovem agrônomo e viticultor francês, que trabalhou em alguns do principais vinhedos da França, além de outros países da Europa. Tornou-se um especialista em vinhos, a sua grande paixão.  O seu sonho era levar o seu conhecimento para outras pessoas e aí decidiu aplicar sua experiência em localidades agrícolas de áreas tropicais que necessitassem de apoio para se desenvolver. Gaspar decidiu então vir para o Brasil, viajou e achou finalmente a Campanha Gaúcha e a Serra Gaúcha, onde decidiu se instalar. Assim criou a Vinhetica que é acima de tudo a historia de sua paixão por vinhos de qualidade, pelo solo, e sobretudo a paixão que nasceu pelo Brasil.
 A mescla é extensa: 35% Cabernet Franc, 30% Cabernet Sauvignon, 12% Tannat, 12% Teroldego, 11% Ancellota e produz um vinho de fina elegância, percebida em várias camadas, em que cada uva mostra seu detalhe e cria uma bela harmonia. Provamos também um excelente rosé.
● Notas de Degustação: cor viva, intensa. No nariz mostra-se complexo e atrativo, lembrando frutas como framboesa madura e ameixa com toques de menta típica da uva Cabernet Franc, além das especiarias. Na boca mostra-se bem frutado, com bom frescor e com sabor persistente. Uma bela complexidade aromática coroando taninos macios e uma boa acidez, num vinho elegante e bem estruturado. Matura por 12 meses em barricas francesas.
● Reconhecimentos: 90 Pontos no Guia ADEGA Vinhos do Brasil 2016/2017.
● Estimativa de Guarda: Já está pronto para a taça, mas aguenta guarda por 5 anos.
Notas de Harmonização: Perfeito para acompanhar carnes vermelhas grelhadas (maminha, fraldinha, filé mignon), risotos, queijos macios como Gruyere e Emental ou pode ser servido sozinho como um vinho para degustação prazerosa. Servir entre 16 e 18°C.

Onde comprar: Em BH: Foi degustado com o produtor e esperamos em breve ter este rótulo com disponibilidade em Belo Horizonte. Para contatos: Gaspar Desurmont - (53) 99927- 5567 I Rio de Janeiro pelo distribuidor: Damien Larderet – (21)98062-8014

TERRE D´ABOURIOU 2013 – COTES DE MARMANDAIS - FRANÇA

Vinho da Semana 352017 - ● TERRE D´ABOURIOU 2013 – COTES DE MARMANDAIS - FRANÇA – A Abouriou é uma variedade de uva nativa do Sudeste da França e Lot-et-Garonne. Está experimentando uma verdadeira ressurreição nos últimos anos sob o ímpeto dos vinicultores e dos comerciantes locais. A Abouriou é uma uva com cor escura e uma polpa carnuda cuja origem, embora misteriosa, tem suas raízes em Lot-et-Garonne. Aqui a sua presença é autenticada no século XVIII, embora tenha sido ameaçada de desaparecimento no Séc. XX durante o entusiasmo dos vinicultores pelas variedades de uva de Bordeaux. A Cave du Marmandais e seus vinicultores decidiram reabilitá-la para torná-la sua "mascote".
Este processo é acompanhado de um programa de conservação destinado a proteger essa variedade endêmica com a construção de um conservatório/berçario, a fim de estudá-la e preservar seu patrimônio genético. A adega de Le Marmandais produz este cuvée d'Abouriou de agricultura orgânica.
● Notas de Degustação: Rubi escuro, com um nariz expressivo, com notas de frutas vermelhas e escuras, como a groselha e a framboesa, e nas notas picantes e mentoladas. Equilibrado entre potência e frescura, a boca mostra taninos finos, repetindo o perfil de aromas, com muita fruta. O final tem um toque picante e boa persistência.  Corte de 90% Abouriu e 10% de Merlot.
● Estimativa de Guarda: Pronto para beber mas aguenta mais 3 anos de guarda.
Notas de Harmonização: muito bom quando se trata de compartilhar a garrafa em torno de um prato de carnes frias. Carne, pato, e também pratos picantes e charcutaria. Servir entre 16 e 18°C.

Onde comprar: Em BH – MON CAVISTE – Endereço: R. Curitiba, 2244 - Lourdes, Belo Horizonte - MG - Telefone:(31) 3291-1447 I Diamond Mall - Avenida Olegário Maciel, 1600 / piso L3 (próximo ao cinema). Belo Horizonte - MG – BR - Tel. : (31) 2535-2660 / WhatsApp : (31) 99803-2718 I Pátio Savassi - Av. do Contorno 6061 –Savassi - Belo Horizonte, MG I BH Shopping – Piso Mariana - loja 55 - Belo Horizonte – MG. Bar de vinhos. Rua Curitiba, 2244 - Lourdes. Telefone: 31 3291-1447.